Curiosidades


  CONVIDO VOCÊ CARO LEITOR PARA ME ACOMPANHAR NA BUSCA DAS CURIOSIDADES DA LITERATURA INFANTIL...

Sua contribuição será indispensável!!!

Comente as minhas e as suas pesquisas...

Aí vai algumas das pesquisas interessantes que encontrei, retiradas da revista Despertai! de  1978 e 2001.


  • Falando sobre a TV, comentou certo pesquisador: “As experiências das crianças em ver TV influenciam sua leitura de forma crítica, influindo em quanto lêem, no que lêem, [e] no que pensam sobre a leitura.” Assim, muitos mestres e psicólogos recomendam menos televisão e mais leitura. (grifo meu em todos os parágrafos dessa publicação.)
  •  
  • Ler tem influência direta em nossa vida. O tipo de trabalho que fazemos, as perícias que desenvolvemos, nosso usufruto da vida, nosso crescimento espiritual, estão todos relacionados à nossa habilidade de leitura. Sem tal habilidade de ler, a pessoa se nega grande parte da riqueza da aprendizagem e da experiência.”
  •  
  • Em 1978 havia mais de 150 editoras de livros infantis, e mais de 250 revistas infantis apenas nos Estados Unidos e Canadá. 
  •  
  • A autora Alice Dalgliesh comenta: “Os adultos às vezes deixam de reconhecer o importantíssimo ponto de que os livros para as criancinhas amiúde passam à ação — a criança assimila, ou dramatiza o que lhe é lido, ou o incorpora em sua linguagem.
  •  
  • Não existem mais quaisquer tabus nos livros infantis, exceto o do mau gosto. . . . O que, certa vez, não era nem sequer sussurrado na varanda, e apenas dito entre risadinhas no bar, é agora passadio legítimo para os  leitores jovens. O conceito antiquado de que certas coisas deveriam constituir tabu para as crianças, simplesmente porque são jovens, não está mais em moda.” — The Writer (O Escritor), abril de 1975, p. 12.
  •  
  • Se os genitores lerem para seus bebezinhos que ainda não sabem ler, isto forma na criança uma impressão inicial favorável ou “tendência” para a leitura.
  •  O filósofo Bacon escreveu, há muito: “Alguns livros devem ser provados, outros engolidos, e uns poucos devem ser mastigados e digeridos.”
  • Crianças escrevem livros infantis:  Visando promover a leitura, as crianças em idade escolar em Zâmbia vêm sendo incentivadas a escrever e a ilustrar livros infantis, noticiou o jornal Zambia Daily Mail. “As bibliotecas, na sua maioria, têm publicações sobre coisas e situações totalmente alheias às crianças zambianas”, declarou um relatório do governo. “A vantagem de crianças escreverem literatura infantil é que os livros são do nível e do campo de interesse delas.” Algumas das histórias serão colocadas na biblioteca da escola ou da sala de aula e outras serão lidas na rádio, ou até mesmo publicadas. O jornal acrescenta: “Essa é uma maneira bem barata de se aumentar o acervo de leitura infantil visto que requer apenas papel e caneta. Também é um modo de se utilizar um recurso inesgotável (alunos) para criar uma riqueza escassa e cara (livros).”


Imagem disponível em: http://www.google.com.br/imgres?q=olho+no+buraco+da+fechadura&hl=pt-BR&gbv=2&biw=1600&bih=740&tbm=isch&tbnid=UTiHK3QQRIfnhM:&imgrefurl=http://fallei.blogspot.com/2011_01_01_archive.html&docid=fAYhsRF_yBCF2M&imgurl=http://3.bp.blogspot.com/_t6OSGysNT1w/TRj_GN6ogHI/AAAAAAAAAKM/_EcSwir6ris/s1600/fecho.jpg&w=750&h=562&ei=LsjnT6fvOsbF6gH3ppzgDg&zoom=1&iact=hc&vpx=474&vpy=287&dur=616&hovh=194&hovw=259&tx=161&ty=97&sig=111944406544018994922&page=1&tbnh=119&tbnw=179&start=0&ndsp=38&ved=1t:429,r:12,s:0,i:106


Nenhum comentário:

Postar um comentário